Consult english version


SOFTWARE


 
Introdução Sistema de Suporte
à Decisão (SSD)
Sistema
de Informação
Sistema
de Modelação
Sistema
de Análise
Aplicação
POM-GUI

Geometria de infra-estruturas hidráulicas

Nesta página é disponibilizada alguma informação adicional sobre as principais funcionalidades da interface, bem como alguns exemplos práticos da sua aplicação. É também referida a base tecnológica na qual a mesma se baseia.

A JANELA PRINCIPAL

Figura 1

Figura 1 - Aspecto da janela de consulta de informação sobre a geometria de infra-estruturas hidráulicas.

1 - Seleção do rio/canal/trecho, no qual se pretende pesquisar informação.
2 - Especificação numérica do Km (um valor entre os quilómetros inicial e final do trecho seleccionado).
3 - Botão que permite mostrar a geometria da secção no quilómetro e trecho seleccionados.
4 - Frame "Geometria", onde é representada a geometria da secção.
5 - Indicação do quilómetro especificado (e representado na frame).
6 - Representação gráfica da geometria da secção.
7 - Cota da base.
8 - Informação adicional sobre a secção representada (altura, largura, inclinação de taludes, etc).
9 - Coordenadas M e P do ponto representado.
10 - Frame "Planta", onde é mostrada a localização em planta do ponto seleccionado.
11 - Indicação do ponto seleccionado (círculo vermelho), na Planta.


A INTERFACE GRÁFICA E SUA UTILIZAÇÃO

Basicamente a utilização desta interface resume-se ao seguinte: o utilizador deve seleccionar o trecho pretendido na listbox e depois especificar na caixa de texto o quilómetro (que deve ser um valor pertencente ao intervalo indicado na referida listbox). Depois basta premir o botão "Ver secção", para que a geometria da secção transversal seja representada. Além da representação gráfica, o utilizador tem acesso também a informação alfanumérica associada.

A área de visualização é composta por duas frames: "GEOMETRIA" e "PLANTA". Enquanto a primeira é referente à representação da geometria propriamente dita, a segunda serve para indicar a localização exacta em Planta, do ponto especificado. Para consultar uma localização diferente, basta alterar o valor inserido na caixa de texto e voltar a clicar no botão "Ver secção."

Consoante a geometria em causa, a ilustração gráfica será diferente, bem como os parâmetros a ela associada. Na figura seguinte são ilustrados alguns exemplos de resultados obtidos através desta aplicação Web.

Figura 2

Figura 2 - Geometria de algumas secções transversais, visualizados através da aplicação Web.

A interface faculta ainda ao utilizador um conjunto de informação associada à forma, dimensão e posição de cada secção transversal representada. Além da informação gráfica, também a informação alfanumérica associada poderá ser consultada, bastando para tal clicar na hiperligação "Mostrar informação adicional" (texto que surge imediatamente abaixo da frame "GEOMETRIA").

Figura 3

Figura 3 - Informação adicional sobre secção trapezoidal.


TECNOLOGIA BASE

Esta interface Web tem como base tecnológica, um Servidor Web (por exemplo, Apache), um Servidor de Base de Dados (por exemplo, MySQL), a linguagem de programação PHP e a tecnologia de representação gráfica SVG.

Apache Server MySQL PHP SVG

Do lado da "máquina cliente" são recomendados os seguintes requisitos:

- Browser Internet Explorer 6 ou superior (a compatibilidade com outros browsers não está actualmente garantida).
- Configuração do browser: plug-in Adobe SVG Viewer instalado.
- Configuração do browser: JavaScript activo.


DADOS

Esta interface tem por base informação previamente recolhida, tratada e armazenada em Base de Dados. A alteração, adição ou eliminação de informação deverá ser realizada com ferramentas adequadas de gestão de bases de dados.


ILUSTRAÇÕES

Na figura seguinte apresenta-se a secção transversal localizada no trecho de Adução de Álamos a Loureiro, ao km 10+000,00 e a uma cota de 204,05m. Trata-se de uma secção circular tripla, constante ao longo do troço definido pelo km 9+948,49 e o km 11+274,85 e apresentam um raio de 1,4m. Esta secção transversal faz parte de um sifão utilizado, à semelhança de outros no sistema, no atravessamento de zonas de grande irregularidade no terreno.

Figura 4

Figura 4 - Secção transversal localizada num trecho de um caso de estudo onde a interface foi aplicada.

Na figura seguinte apresentam-se outros tipos de secções que a interface é capaz de representar.

Figura 5

Figura 5 - Outros tipos de secções, visualizados através da aplicação "Geometria de infra-estruturas hidráulicas".


GRUPO DE TRABALHO RESPONSÁVEL PELA IMPLEMENTAÇÃO DA INTERFACE

Prof. Doutor José Manuel Pereira Vieira

Prof. Doutor José Luís da Silva Pinho

Eng. José Araújo

Eng. Rui Pinho








mapa do site | termos e condições | ficha técnica
Copyright © 2012 Laboratório de Hidroinformática da Universidade do Minho, All rights reserved